Inovação na tradição do desfile de 7 de setembro

Em 11/09/2017 às 17:36:59


As comemorações de 7 de setembro deste ano foram marcadas por muitas novidades e atrações. A rua Coronel Oliveira foi o cenário das apresentações na última quinta-feira.  Autoridades e a população andradense estiveram presentes em grande numero para prestigiar o evento tradicional na cidade.

O ato cívico foi iniciado com a execução do Hino Nacional, Hino de Andradas e o Hino da bandeira interpretados pelo Coral Todo Canto, sob a regência da Professora Iraci Alves, acompanhada do Professor Carlos Mark, e pela Banda Lira da Mantiqueira, sob a regência do Maestro Juliano Marques Barreto.

O Prefeito Rodrigo Lopes fez a entrega do certificado de Patrimônio Cultural de Andradas, do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais, o IEPHA ao grupo de Folia de Reis “Estrela Guia”, engrandecendo ainda mais a cultura de nossa cidade.

 

Desfile 07 de setembro

O desfile trouxe um pouco da rica cultura local. Cada escola, entidade e instituição apresentou um Patrimônio Histórico e Cultural de Andradas. São diversos itens tombados, alguns que já foram inventariados e outros que estão em estudo para tombamento e registro.

Abrindo as comemorações, a fanfarra “São José Recicla Som” fez sua primeira apresentação para a comunidade andradense. Os 38 componentes da Escola são José utilizaram instrumentos e roupas confeccionadas pelos alunos e professores com a utilização de material reciclado.

Em seguida a Escola Municipal Caracolzinho homenageou a Serra do Caracol que vem sendo mencionada em diversos poemas e canções, na Bandeira e no Hino Municipal.

A Escola Municipal Luiz Augusto de Melo, representou a Imagem de São Sebastião, padroeiro da cidade que também faz parte dos patrimônios do município.

O desfile da  Escola Municipal Jocelém José de Andrade trouxe  a tradição do Boi Laranja. No distrito da Gramínea e no bairro da Barra, acontece anualmente a festividade conhecida como Brincadeira do Boi Laranja, que é sempre realizada na Semana Santa.

A Escola Municipal “Dos Gonçalves”, contou a história dos índios. Em Andradas, pesquisadores e memorialistas da cidade já levantaram alguns objetos que podem ter pertencido aos primeiros habitantes de nossa cidade, como utensílios e pontas de flechas

Mais uma banda manteve a tradição na cidade. A Banda Dr. Delvo Stivanin, hoje está composta por 35 componentes em seu corpo musical mais 35 crianças no seu corpo coreográfico, com um total de 70 integrantes. A banda é dirigida pelo maestro Leandro Amantea Ragnoli.

Em seguida a apresentação da Escola Municipal José Luiz Sasseron, que abordou as tradicionais vinícolas da cidade. As fotos das adegas representaram a beleza deste desfile.

A Companhia de Reis Estrela Guia, que tem como mestre o Sr. Juraci, desfilou com sua comitiva acompanhada da Escola Municipal Paulo Augusto Drumond e Escola Estadual Adolfo Firmino Marques, trazendo um pouco da tradição da Folia de Reis. O grupo do Distrito do campestrinho também participou desta apresentação.

Ainda falando sobre as tradições culturais a capoeira foi representada pelo Grupo Luanda que possui como instrutor Thiago Caldas Maia. A Escola Municipal José Bonifácio, trouxe um pouco da história da dança que também é patrimônio de Andradas.

Na sequencia outra banda da cidade veio abrilhantar as apresentações. A Banda Municipal “José Abib Lobo” da escola Municipal “Daura Dagmar Lobo” foi criada no ano de 2016 e faz uma homenagem ao Sr. José Abib Lobo, morador do Bairro Várzea do Rigoni.

Mais um patrimônio cultural recebeu homenagem no 7 de setembro: a uva Jacques. A fruta é altamente produtiva, tendo-se adaptado ao solo e às condições climáticas de Andradas, sendo historicamente muito cultivada pelos vitivinicultores andradenses na produção do vinho tinto.

A escola Floriza Maniassi Trevisan, o Centro de Amparo à Criança Andradense – C.A.C.A. e a APAE trouxeram um pouco sobre a importância da Uva Jacques para a cidade de Andradas.

A Apresentação da Escola Estadual Dr. Alcides Mosconi, foi representada pelo Grêmio Estudantil Águia e pelo grupo de dança. A escola mostrou a origem italiana no desenvolvimento do nosso município.

Em seguida a Banda Marcial Francisca Vilela Peçanha que está composta por 30 componentes em seu corpo musical e 15 crianças formando o seu corpo coreográfico. É orquestrada pelo maestro Pedro Donizete Silvério.

O Clube de Aventureiros Esperança do Amanhã é um clube sem fins lucrativos que se destina a ajudar a escola e os pais a educar os filhos e também participou do desfile.

Os jovens mais uma vez marcaram presença. A Escola Estadual João Mosconi, contou a história das Olarias, outro Patrimônio Histórico de Andradas. A Escola Estadual Daniel Ribeiro Moggi, saudou os Patrimônios Históricos e Culturais de Andradas com as cores da escola.

A Comunidade Terapêutica Caverna do Adulão também participou das apresentações enaltecendo a comemoração da independência do Brasil. A Guarda Municipal desfilou com os 12 guardas que atuam na cidade e trabalham com a missão de proteger toda a população andradense.

Para finalizar, a apresentação da Fanfarra Guerreiros da Fé com os Desbravadores de Andradas.

Sem duvida um desfile que marcou os andradenses. Muitos se emocionaram com a participação e dedicação de todos os profissionais envolvidos. Viva a Independência!


Comente esta notícia

Todos comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Prefeitura Municipal de Andradas. Para fins de identificação, para comentar este conteúdo é necessário ter uma conta no Facebook®.


Transparência


Prefeitura Municipal de Andradas

Praça 22 de Fevereiro, s/nº, Centro. CEP: 37795-000 | Andradas - MG

(35) 3739-2000

Atendimento ao público de segunda à sexta das 12h às 18h.


Abrir Menu
X