Acessibilidade
Contraste

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE ALERTA À POPULAÇÃO SOBRE A ALTA INFESTAÇÃO DO AEDES AEGYPTI EM ANDRADAS

| Em 01/12/2021 às 10:11:00




Desde o início do ano, os agentes da Vigilância em Saúde Ambiental têm realizado as visitas nas residências com o intuito de orientar à população sobre as formas de evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, principal transmissor da Dengue, Zika Vírus e Chikungunya.
Com a chegada das chuvas, surgem também os ambientes favoráveis para a reprodução do mosquito. Outro fator de bastante preocupação é a água parada em vasos, ralos, calhas entupidas, entulhos, entre outros.
“Realizamos um levantamento nas últimas semanas e constatamos uma alta infestação do Mosquito Aedes aegypti em Andradas, podendo acarretar numa epidemia dessas doenças, diante do aparecimento de possíveis casos confirmados”, alerta Ana Beatriz Sasseron, Gerente da Divisão de Vigilância em Saúde.
Segundo Aldo Fernandes, Supervisor da Seção de Vigilância em Saúde Ambiental, ficou constatado durante as visitas que a cada 100 imóveis, aproximadamente 5 deles tinham criadouros do mosquito e 90% dos focos estavam em imóveis habitados. Ou seja, os cuidados dos moradores precisam ser aumentados.
Dessa forma, é fundamental que a população colabore e faça a sua parte, como:
- Permitir que os agentes de combate às endemias tenham acesso aos imóveis para realizarem o tratamento focal. Caso algum morador esteja monitorado ou infectado com Covid, deve informar à equipe;
- Manter quintais e lotes limpos;
- Não depositar lixo e entulhos,
- Evitar o acúmulo de água parada; evitando assim aparecimento de novos criadores do mosquito.
Dengue: O problema é de todos e a solução também!